9.9 C
Munique
15.8 C
Porto
DestaquePSD de Paços de Ferreira acusa comportamento anti-democrático na Assembleia Municipal

PSD de Paços de Ferreira acusa comportamento anti-democrático na Assembleia Municipal

O líder da bancada do PSD de Paços de Ferreira refere ter sido impedido de efetuar uma declaração sobre a transmissão das Assembleias Municipais em tempo real.

Relacionados

Câmara Municipal de Paços e Ferreira obrigada à alteração de horários da Polícia Municipal por ordem do tribunal

Tendo em conta a situação pandémica nacional que Portugal está a atravessar, a Câmara Municipal de Paços de Ferreira procurou estipular horários de trabalho...

Motociclistas agendam manifestação contra inspeções às motos

Depois de Jorge Delgado, Secretário de Estado das Infraestruturas, ter avançado, a 20 de setembro, que o Governo está a preparar um diploma para...

MEGA emitiu seis milhões de vouchers para manuais gratuitos em Portugal

A plataforma MEGA emitiu seis milhões de vouchers para manuais gratuitos, dos quais 80% já foram resgatados e os livros na posse nos alunos. O...

Após ter sido realizada a Assembleia Municipal na passada terça-feira, 3 de agosto, e da transmissão em direto da mesma, o Partido Social Democrata procurou esclarecer o porquê do silêncio existente na própria bancada no decorrer da Assembleia.

De acordo com o comunicado avançado pelo Líder da Bancada do PSD de Paços de Ferreira, Luís Miguel Martins, o partido refere ter assumido a posição de silêncio uma vez que o PSD tem vindo a reivindicar a transmissão em direto da Assembleia Municipal, tendo o PS votado sempre contra.

Neste âmbito, o Líder da bancada do PSD avança que o partido foi “impedido de efetuar uma declaração sobre este tema no início da Assembleia”, acrescentando ser “um claro atentado, mais um, à nossa liberdade democrática, com a gravidade de ter sido praticada na casa da democracia”, esclarece Luís Martins.

“Entendemos que, se não nos foi possível falar no início da Assembleia, também não deveríamos fazê-lo durante os pontos da ordem de trabalhos, num sinal de protesto contra esta atitude anti-democrática, a todos os níveis, condenável”, refere o líder da bancada do PSD.

Foi ainda referido no mesmo comunicado que o atual Presidente da Assembleia Municipal de Paços de Ferreira, Miguel Costa “demonstra incapacidade para ocupar o cargo”, considerando-o submisso ao atual executivo.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido