10.3 C
Munique
20.7 C
Porto
DestaqueProjeto de 10 milhões em Gondomar pertence à multinacional Metyis

Projeto de 10 milhões em Gondomar pertence à multinacional Metyis

Foi realizado o lançamento da primeira pedra em São Cosme, lugar onde será construído o projeto. O lançamento contou com a presença do CEO da Metyis, Yogen Singh, da UNUM, oficina de projetos de arquitetura com a presença do arquiteto Miguel Ibraim da Rocha e com o Presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.

Relacionados

Inspeção das motas será obrigatória a partir de 1 de janeiro de 2022

O Secretária de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, avançou ao Jornal de Negócios, esta segunda-feira, que “a partir de 1 de janeiro de 2022,...

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel. No decorrer de uma investigação...

Presidente da Iniciativa Liberal visitou ETAR de Paços de Ferreira após denúncias de habitantes

Hoje, a Iniciativa Liberal reuniu o candidato à Assembleia da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, João Carneiro, e o Presidente da Iniciativa Liberal,...

Na passada terça-feira, em São Cosme, freguesia pertencente ao concelho de Gondomar, foi realizado um evento de apresentação da Metyis, uma empresa multinacional que optou por se localizar no concelho de Gondomar.

A Metyis é uma empresa desenvolvedora de soluções digitais, de data, e-commerce e serviços tecnológicos que irá investir dez milhões de euros, numa primeira fase, num centro tecnológico, oferecendo a oportunidade de criação de mais de mil postos de emprego de trabalho direto qualificado.

De acordo com nota da Metyis, o CEO da Metyis, Yogen Singh, avançou que “O Metyis Campus é um investimento físico e também um investimento na construção de um conceito de empresa e na criação de iniciativas entre as pessoas que trabalham na Metyis e a comunidade”.

Fotografia EMISSOR

O CEO da Metyis avançou ainda que a “intenção é que todos os que entram no campus experienciem uma partilha de conhecimentos, experiências e culturas. Acreditamos que o Metyis Campus é um projeto que dará resposta às necessidades dos nossos clientes a nível global”, referiu.

O projeto da obra foi desenhado pela UNUM, uma oficina de projetos de arquitetura portuguesa, sob a alçada do arquiteto Miguel Ibraim da Rocha.

Fotografia EMISSOR

No que diz respeito a realização do projeto pedido pela Metyis, Miguel Ibraim da Rocha referiu que “nas primeiras reuniões de trabalho que tivemos com a Metyis, nomeadamente com o CEO Yogen Singh, percebemos a importância dada ao ambiente construído e ao não construído ou espaço “natureza envolvente”. Também como referência surgem as lógicas Vastu e Vaastu na Arquitetura que remete para uma ciência milenar sobre o ambiente construído que explica, por exemplo, a orientação e a organização de todos os elementos modificados pela ação do homem.”

Neste sentido, o arquiteto acrescentou ainda que “as vivências também assumem um carácter importante em todo o projeto com destaque na procura pela escala humana, um ambiente de trabalho sempre muito interligado com o espaço natureza exterior, grande transparência e espaços multidisciplinares de apropriação”.

“Os princípios do projeto são esses e pretendem elevar o tipo de vivência e bem-estar de quem lá irá trabalhar, melhorar o modo como cada pessoa possa desempenhar de forma feliz e bem-sucedida o seu trabalho”, conclui o arquiteto.

O evento contou, também, com a presença do Presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido