9.9 C
Munique
15.8 C
Porto
RegionalPaços de FerreiraPSD de Paços de Ferreira acusa os socialistas do concelho de enganarem...

PSD de Paços de Ferreira acusa os socialistas do concelho de enganarem os investidores imobiliários

De acordo com o Partido Social Democrata de Paços de Ferreira os socialistas do concelho ainda não deliberaram a isenção de taxas e licenças para projetos de investimento imobiliário

Relacionados

Câmara Municipal de Paços e Ferreira obrigada à alteração de horários da Polícia Municipal por ordem do tribunal

Tendo em conta a situação pandémica nacional que Portugal está a atravessar, a Câmara Municipal de Paços de Ferreira procurou estipular horários de trabalho...

Motociclistas agendam manifestação contra inspeções às motos

Depois de Jorge Delgado, Secretário de Estado das Infraestruturas, ter avançado, a 20 de setembro, que o Governo está a preparar um diploma para...

MEGA emitiu seis milhões de vouchers para manuais gratuitos em Portugal

A plataforma MEGA emitiu seis milhões de vouchers para manuais gratuitos, dos quais 80% já foram resgatados e os livros na posse nos alunos. O...

De acordo com o Partido Social Democrata de Paços de Ferreira, após ter sido anunciado, a 12 de novembro, a isenção de taxas e licenças para projetos de investimento imobiliário, “passados cinco meses o executivo socialista na Câmara Municipal de Paços de Ferreira ainda não deliberou o acesso a tais benefícios”, refere o partido.

O partido recorda ainda que o partido socialista, nos últimos meses, se desdobrou em “visitas a alguns investimentos em curso, publicando nas redes sociais que tais investimentos têm sido resultado desses benefícios fiscais”, sendo que as isenções acabam por nunca acontecer.

O PSD de Paços de Ferreira lamenta a falta de estratégia para a habitação do concelho e refere que “esta postura de falta de respeito para com os empresários cria ainda uma maior desconfiança nos investidores”.

Após já ser conhecida a atuação populista do atual executivo que, de acordo com o PSD de Paços de Ferreira, “coloca o seu principal eixo de atuação apenas no anúncio de medidas nas redes sociais, não as colocando depois em prática”.

Em nota, o PSD de Paços de Ferreira desafia o executivo municipal a regularizar a promessa realizada com efeitos retroativos à data do anúncio, explicando que “a relação da Câmara Municipal com os munícipes tem de ser séria”.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido