-4.4 C
Munique
7.5 C
Porto
RegionalResendePSD de Resende questiona condições do centro de vacinação

PSD de Resende questiona condições do centro de vacinação

Relacionados

Fafe – Detido por incêndio florestal

O Comando Territorial de Braga, através da Equipa de Proteção Florestal (EPF) do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial de Fafe, hoje, dia...

Paredes – Instabilidade na administração do SMAS preocupa PSD Paredes

Instabilidade na administração do SMAS preocupa PSD Paredes. Renato Almeida nem aqueceu o lugar. O presidente da concelhia do PSD de Paredes e vereador Ricardo...

Paços de Ferreira – Presidente de Câmara Municipal, Humberto Brito, acusado de maus-tratos

O presidente do Município de Pacense, Humberto Brito, foi acusado de violência doméstica contra a mulher, de quem se divorciou. Em 2021, o juiz decide...

Ontem, no Município de Resende, realizou-se uma reunião do Executivo Municipal com destaque para o centro de vacinação, materializado junto ao centro de saúde de Resende.

O PSD de Resende considera que, da mesma forma que este funcionou na época de verão, e mesmo com as condições climatéricas, representou para a população de Resende uma mais valia, numa época cujas condições são mais adversas, o partido questiona se este se manterá a funcionar nas mesmas condições em que funcionou no verão ou se está prevista a alteração do espaço e melhoramento das condições do centro de vacinação para que os idosos se possam vacinar e aguardar nas devidas condições, tendo em conta a sua vulnerabilidade.

Face à minuta de acordo da parceria entre o Município de Resende e o Automóvel Clube Clássicos, Caldas de Arêgos, o PSD de Resende informou os munícipes do voto do partido contra a ratificação da minuta do acordo de parceria relativo à realização do evento “Convívio Perícia”, realizado no passado dia 6 de novembro uma vez que, apesar de estarem de acordo com a realização do evento, o PSD de Resende considera que os procedimentos não devem merecer a anuência do partido.

O PSD de Resende considera não poder aceitar o pedido de colaboração, pela Automóvel Clube Clássicos-Caldas de Arêgos tenha dado entrada a 26 de outubro, o evento se tenha realizado a 6 de novembro e apenas no dia 2 de dezembro tenha sido enviado para a reunião do Executivo Municipal, sem decisão prévia, para que o órgão se pudesse pronunciar sobre o acordo de minuta de parceria a celebrar entre o município e o Automóvel Clube Clássicos – Caldas de Arêgos.

O PSD de Resende considera que a administração pública se deve reger de acordo com o Código do Procedimento Administrativo assim o determina, “pelo princípio da legalidade, pelo princípio da prossecução do interesse público e da proteção dos direitos e interesses dos cidadãos, pelo princípio da imparcialidade e responsabilidade”, evidencia o partido, através das redes sociais.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido