RegionalTâmega e Sousa disponibiliza estruturas de atendimento a vítimas de violência doméstica

Tâmega e Sousa disponibiliza estruturas de atendimento a vítimas de violência doméstica

Relacionados

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Freamunde: viagens escolares levantam suspeitas

Comportamentos de auxiliar aos alunos de Freamunde nas viagens escolares levanta suspeitas Os encarregados de educação de alunos do Centro Escolar de Freamunde estão a...

Paredes: Homem com antecedentes é detido por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, no passado dia 10 de maio,...

A região do Tâmega e Sousa irá passar a dispor de uma rede de estruturas de atendimento e apoio às vítimas de violência doméstica, coordenadas pela CIM do Tâmega e Sousa, em Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende.

Estas estruturas são destinadas ao atendimento de vítimas de violência doméstica e todas as pessoas que procuram apoio nesse sentido, assegurando-lhes “apoio social, psicológico e jurídico, encaminhamento para apoio médico, contando com a colaboração das instituições do Serviço Nacional de Saúde, encaminhamento para apoio social e formativo, através do sistema de proteção social, possibilitando o acesso a benefícios sociais adequados, bem como a programas de formação profissional, informação sobre a legislação em vigor aplicável e com interesse para a sua situação específica, garantia das condições de um nível adequado de segurança em todo o processo, através de proteção policial e do plano de segurança, entre outros”, avança a CIM do Tâmega e Sousa.

O apoio prestado é gratuito e confidencial, independentemente do concelho de residência da vítima ou da pessoa que o procure, sendo que, cada uma das estruturas dispõe, para atendimento, de uma equipa técnica multidisciplinar nas áreas do serviço social, psicologia e direito. As estruturas irão funcionar de “segunda a sexta-feira, sendo que o horário poderá ser adequado e acordado com as vítimas, possibilitando a conciliação com a vida profissional, pessoal e familiar”, avança a CIM do Tâmega e Sousa.

As estruturas de atendimento e apoio correspondem a uma ação estratégica de territorialização da prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica. Conforme preconizado na Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030 “Portugal + Igual” e respetivo plano de ação para a prevenção e o combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica 2018-2021, em articulação com o plano de ação para a igualdade entre mulheres e homens 2018-2021 e o plano de ação para o combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade e expressão de género, e características sexuais 2018-2021.

No âmbito do processo de descentralização administrativa através da transferência de competências das autarquias locais para as comunidades intermunicipais, a CIM do Tâmega e Sousa viu concretizada a delegação da justiça, passando a ter competências de prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica, do apoio às vítimas de crimes, da reinserção social de jovens adultos, e da rede dos julgados da paz.

Em 2020 foi assinado o Protocolo para a Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica com a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género e a criação destas estruturas de atendimento às vítimas de violência doméstica insere-se no âmbito da operação “Rede Intermunicipal e Integrada de Apoio à Vítima – RIIAV do Tâmega e Sousa”, promovida pela CIM do Tâmega e Sousa e cofinanciada pelo POISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, através do FSE – Fundo Social Europeu.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -