RegionalValongo: Centro de Hemodiálise do Hospital de São João inaugurar-se-á amanhã

Valongo: Centro de Hemodiálise do Hospital de São João inaugurar-se-á amanhã

Relacionados

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Freamunde: viagens escolares levantam suspeitas

Comportamentos de auxiliar aos alunos de Freamunde nas viagens escolares levanta suspeitas Os encarregados de educação de alunos do Centro Escolar de Freamunde estão a...

Paredes: Homem com antecedentes é detido por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, no passado dia 10 de maio,...

As obras para o Centro de Hemodiálise começaram no início de dezembro de 2019, localizado em Valongo, tutelado pelo Centro Hospitalar de São João. De acordo com o Hospital, esta unidade é dedicada a utentes de ambulatório e localiza-se nas antigas instalações do Hospital de Valongo, sendo uma obra avaliada em cerca de 900 mil euros.

A Unidade servirá “preferencialmente os doentes renais crónicos residentes preferencialmente nos Concelhos de Valongo, Maia, Gondomar e Porto, e irá dispor de 24 postos de tratamento, distribuídos por duas salas independentes, onde poderão ser tratados cerca de 140 doentes, com as técnicas de Hemodiálise mais avançadas, baseadas na hemodiafiltração on-line”, explica, em nota, o Hospital de São João.

A unidade em questão está vocacionada para o tratamento de doentes de ambulatório, esperando-se que represente uma mais-valia importante na assistência nefrológica de proximidade.

Espera-se que o Centro de Hemodiálise funcione como uma extensão do Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar Universitário São João, dispondo de “todas as valências da especialidade, que o colocam numa posição de destaque nacional e internacional em termos de oferta clínica e produção científica”.

Direitos Reservados

O Centro de Referência de Transplante Renal do Centro Hospitalar de São João é responsável, de acordo com o próprio, “pela realização de 70 a 80 transplantes renais por ano, detém a maior unidade de Diálise Peritoneal do país, onde são acompanhados cerca de 100 doentes em tratamento domiciliário, inclui uma unidade de Hemodiálise que passará a ficar vocacionada para o tratamento de doentes agudos/urgentes e doentes internados, para além da atividade de consulta externa, do internamento, do Serviço de Urgência permanente e das técnicas diagnósticas”, conclui o Hospital de São João.

Direitos Reservados

A cerimónia de inauguração irá decorrer amanhã, em Valongo, onde estarão presentes o secretário de Estado da Saúde, Serra Lopes e marcam presença o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro e Fernando Araújo com Manuel Pestana, do Centro Hospitalar de São João.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -