-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
RegionalValongoValongo já entregou 180 habitações sociais no atual ciclo governativo

Valongo já entregou 180 habitações sociais no atual ciclo governativo

O município espera investir 41.296.180 euros no decorrer dos seis anos da implementação da estratégia local de habitação

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

No decorrer do presente ano, a Câmara Municipal de Valongo entregou 19 habitações sociais, tendo-se realizado, na passada quinta-feira, o último ato público de atribuição de casas, com a entrega das chaves a mais três famílias carenciadas do concelho.

O atual ciclo governativo conta com a entrega de 180 casas municipais com arrendamento apoiado e realojadas mais de 500 pessoas, representando um investimento público superior a mais de um milhão de euros em obras e reabilitações de imóveis, avança a autarquia.

Atualmente, o município de Valongo não dispõe de um número suficiente de casas para fazer face às necessidades do concelho, a autarquia, através da Empresa Municipal Vallis Habita, procura “dar resposta aos casos mais dramáticos de uma lista com centenas de agregados familiares inscritos para habitação social”, indica o município.

No total, o município dispõe de 1.098 habitações sociais em regime de arrendamento sendo que as entregas das casas só se poderão realizar à medida que as habitações vão sendo desocupadas pelos anteriores moradores. Será necessário, ainda, a realização de obras a fim de recuperar cada casa deixada vaga pelos anteriores ocupantes, com uma média a gastar em cada intervenção de 8 mil euros.

O Município de Valongo investiu, no setor, um valor superior a 4 milhões de euros, a fim de cofinanciar, através de fundos comunitários do Norte 2020, a reabilitação exterior dos edifícios, bem como do espaço envolvente de várias urbanizações sociais, as quais passarão a beneficiar de um maior conforto térmico e qualidade de vida.

Valongo assinou um acordo de colaboração com o IHRU para a execução do Programa de Apoio ao Acesso à Habitação, o 1º Direito, num contrato homologado a 14 de dezembro enquanto pilar da Estratégia Local de Habitação de Valongo, prevendo-se um investimento de 37.286.417,24 euros, destinados a suprir as carências habitacionais de 805 famílias através de “soluções que incluem construção de novas habitações, reabilitação, aquisição e arrendamento. Além destas 805 famílias que nos próximos seis anos obterão uma resposta habitacional condigna através do Programa 1.º Direito, a Estratégia Local de Habitação (ELH) do Município de Valongo abrange mais 50 famílias que reúnam as condições para se constituírem como beneficiárias diretas do Programa 1.º Direito”, evidencia o município.

Assim, a ELH de Valongo procura encontrar uma resposta habitacional condigna para as 855 famílias residentes no concelho, com um total de 1.858 pessoas, através de uma resposta institucional ou de um apoio direto por parte de famílias que demonstrem alguma capacidade e autonomia financeira.

Estima-se, por isso, um investimento financeiro total superior a 41.296.180 euros, a decorrer nos seis anos de implementação da estratégia local de habitação.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido