0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
DestaqueFilomena Silva faz pedido de suspensão de vereação na Câmara Municipal de...

Filomena Silva faz pedido de suspensão de vereação na Câmara Municipal de Paços de Ferreira

As razões que estão na base do pedido de suspensão do mandato de Filomena Silva são de carácter pessoal, familiar e de saúde.

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

A Câmara Municipal de Paços de Ferreira realizou, no passado dia 13 outubro, a cerimónia de tomada de posse do executivo. Hoje, 14 dias depois da cerimónia, fonte do EMISSOR avançou que Filomena Silva, vereadora na Câmara Municipal de Paços de Ferreira, solicitou a suspensão ao cargo.

A redação do EMISSOR contactou com a vereadora da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Filomena Silva, que avançou ter realizado “um pedido de suspensão do mandato”, mas que esse pedido ainda não tinha obtido provimento uma vez que terá que ser analisado em reunião de Câmara e que, por isso, “ainda é muito precoce estar a falar disso”, esclarece.

As razões que a vereadora aponta para o pedido de suspensão do mandato, são “estritamente pessoais, familiares e de saúde”, acrescentando que planeia deixar tudo encaminhado, uma vez que o seu posicionamento na Câmara Municipal é de “muita responsabilidade”.

A vereadora reafirma que este é um pedido de “suspensão” e não de “renúncia”, estando a reavaliar a situação, uma vez que admite não saber, nem prever, o que se sucede. Num documento a que o EMISSOR teve acesso, o pedido de suspensão do mandato reporta ao dia 22 de outubro de 2021, nove dias após a cerimónia de tomada de posse do executivo da Câmara Municipal de Paços de Ferreira.

No passado dia 23 de setembro, período anterior às eleições, o EMISSOR já tinha questionado a vereadora na sequência das suspeitas de renúncia ao cargo pós-eleições, suspeitas essas que foram negadas por parte da vereadora, que anunciou candidatar-se, novamente, ao cargo.

 

(Em atualização)

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido